terça-feira, outubro 03, 2006

Apetecia-me algo






E porque o Exacto também é cultura e porque me apetece o sublime, deixo-vos o êxtase!

9 comentários:

cemremos disse...

E a mim só me apetecia ficar em casa hoje! Estou cinzenta como o tempo! Cor precisa-se!

Anónimo disse...

Hoje queria voar nas asas da paixão, sonhar acordada, passear de mãos dadas com a pessoa que amo à beira-mar, molhar os pés na àgua e sentir um arrepio de frio, aconchegar-me nos seus braços e fazer planos para o futuro!

Ivonne

x2005 disse...

Excelente escolha!
Três momentos fantásticos :)

Cucagaio disse...

Por acaso não é "Ferrero Roche"?

João Mãos de Tesoura disse...

semremos: com uma corridinha isso passa, pelo menos ficas roborizada o que para cinzento já é um avanço! :D

ivonne: e porque o não fazes? Se te apetece, força. Mas cuidado, vê lá não dês um passo maior do que a perna pois em vez de molhares os pés podes afogar-te.

x2005: obrigado, também achei. O mérito, esse, é todo deles. Nós, os melómanos, sobra-nos o ouvido mas falta-nos a virtude.

cucagaio: juro que não conheço esse senhor e seria, certamente, a última coisa que me apetecia! :D

Cerejinha disse...

Muito bem!
Aguçaste-me o apetite.
:-)

João Mãos de Tesoura disse...

cerejinha: é ouvir e curtir o som! Aproveita!

Thiago Forrest Gump disse...

Vi os 3. Piano é meu instrumento favorito. Fico pensando nos surdos que perdem essas coisas extraordinárias.

Abraço

João Mãos de Tesoura disse...

thiago: o piano é de facto sublime! Toco-o mal, mas tenho um! É um prazer da vida!
Abraço