quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Intimissimi

Se o meu olhar pintasse
o que as lágrimas escondem
num azul que me sentisse,
admirava-te em vermelho
para que o arrojo me tomasse,
se o olhar pintasse…

Cobria-te de amarelo
em movimentos sem sentido,
e se dos reflexos enganasse
o desenho num sorriso,
não era logro que me alegrasse,
se o olhar pintasse…

Não há verde que me chegue
neste olhar que se perde,
e se no meu encontrares
as cores que procuras,
dá-me o verde que faltasse,
se o olhar pintasse…


17 comentários:

Sónia disse...

As cores devem ser procuradas nos rostos dos outros, nos olhos abertos, no mundo... ai se fosse possível sorver o ar que jorra das cores do mundo, tudo seria um dom, toda eu seria vida!...
Muito bem escrito! Maravilhoso!

Thiago Forrest Gump disse...

Nossa! O mar anda fazendo bem ao Mãos de Tesoura.

Aposto que escreveu isto enquanto pescava ao ar livre! ;)

Luna disse...

apetece-me dizer...shiuuu(como sinal de silêncio ao que li)só!

missixty2000 disse...

Se o olhar pintasse, não haveria nada para descobrir!!O mundo seria mais perfeito sem dúvida, mas com muito menos emoção!!!

sonia r. disse...

Bom dia.

Cláudia Faro Santos disse...

Se o olhar pintasse, de verdade, não escreverias coisas tão bonitas assim...
Ainda bem que ele não pinta...E se traduz em palavras...*

Pecado Original disse...

Gostei do teu blog. Das palavras que percorri mesmo com um olhar apressado.

Cortas bem os versos :)

Boa Semana

Ritisabel disse...

Um olhar tudo diz! E é tão bom revermo-nos atraves do olhar de outra pessoa... sente-se! Bjocas.

lena disse...

gosto de um olhar, gosto de sentir as palavras pintadas por um olhar

pinto de verde o meu mar
um verde com tom de esperança
que procuro encontrar,
pinto a lua de branco
fica linda de encantar
toda ela fica como um canto
que só eu consigo olhar.

...

reflexos de pinturas minhas

lembrei-me que tenho aquecimento centrar e automático, as não têm frio

gostei que da tua ida à minha cabana

beijinhos meus

lena

A.J.Faria disse...

Olá, João!
Estou a ver que estás feito num verdadeiro poeta!
Nem sempre as lágrimas tem a capacidade de esconder o que nos vai na alma, quando muito exteriorizam a nossa sensibilidade sobre o mundo que nos rodeia.
Um grande abraço,

spartakus disse...

ahhh bem....boa noite. ups.

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Gostei deste poema. Tem sensibilidade e emoção.

butterfly disse...

Gostei...realmente bonito...vou voltar aqui mais vezes e é claro que também serás bem-vindo masi vezes ao meu cantinho!
Beijinhos!!

uma amiga disse...

Devias estar apaixonado quando escreveste isto, ai tavas tavas.....

Anónimo disse...

Numa viagem recente, numa noite de chuva, descobri que o arco-iris me acompanhava. É maravilhosa a transposição que fazes de sentimentos tão bonitos para palavras escritas. Ainda bem que existes porque as tuas cores são lindas!

Beijos, Elektra

João Mãos de Tesoura disse...

sónia: minha amiga, tu escreves bem melhor do que eu! Vê lá se começas a publicar algo mais do que no jornal! Quanto ao resto, exagero teu!

thiago: exactamente; estava eu a olhar o mar e a ilha do Pico quando me lembrei desta ideia. O poema, esse, peca por não estar à altura da ideia. Que se lixe! :D
Abraço

luna: eu não disse nada, juro!

missixty2000: acho que não viveste os anos 60... :D

safo: bom dia? Para mim um café... lol Bem-vinda ao meu blog, mas espero que percas a timidez e comentes!

cláudia: acredita que o olhar pode pintar... mas nem sempre a pintura condiz com o cenário! lol Bem-vinda ao blog!

pecado original: corto bem os versos? Isso foi um pecado mortal! :D

ritisabel: os olhares dizem tudo... ou quase. Não te conheço, mas gosto do que escreves. Beijos

palavras que escrevo: encontrei a tua cabana a deambular por outros blogues. Surpresas da net. Bem-vinda!

a.j.faria: se eu fosse poeta, pegava num verso e estrangulava essa veia que nunca tive! Atrevimento meu tentar estas coisas...
Abraço

spartakus: eh pá! para a próxima pede menos gelo! lol
Abraço

tita: olhem quem ela é... obrigado!

João Mãos de Tesoura disse...

uma amiga: não, não estava! Este blog é uma projecção da minha criatividade, mas não do meu estado!

elektra: é bom sabermos que temos amigos. Melhor ainda quando nos elogiam, mesmo que não o mereçamos. Também tu tens uma vida para pintar... não a estragues! Boa sorte!