quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Capuchinho Vermelho revisitado

Era uma vez uma menina, assim pensavam os aldeões da terra a quem chamavam Capuchinho Vermelho por andar sempre com uma capa da mesma cor. Havia quem dissesse que era descuido, falta de higiene, mas vê-la correr com a capa a esvoaçar a mostrar as pernas era espectáculo que ninguém desdenhava.
Certo dia indo visitar a avó, embora todos soubessem que esta já tinha morrido há muito, aventurou-se sozinha pela floresta; em rigor era um pinhal, mas como a mata não era desbastada chamavam-lhe floresta por ironia. Capuchinho sabia disto e prescindia das meias rendadas para não ficar com malhas caídas...
A meio do caminho avistou um lobo, animal de bom porte e a vender saúde que as lobas não esqueciam.
- Olha, olha, se não é a Capuchinho?
- Sr. Lobo, deixe-me passar pois vou com pressa para a casa da minha avó!
Os lenhadores ouviram-nos e ficaram em cuidado.
Chegada a casa da avó, na verdade uma casa abandonada mas ainda com algumas comodidades, depara-se com o Lobo deitado na cama!
Os lenhadores que os seguiram bateram à porta à espera do pior.
- Quem vem lá?, perguntou a Capuchinho.
- Gente forte para o que der e vier!
- E para que quero eu isso tudo se já tenho um lobo?
Nisto o Lobo assomou à porta com a sua cabeça descomunal!
Um dos lenhadores arriscou:
- Porque tens uma testa tão grande?
- Para melhor suar...



Lobo PATológico!

5 comentários:

Cerejinha disse...

Mais umas reticências e eras obrigado a colocar uma bolinha vermelha algures no post.
:-D

Thiago Forrest Gump disse...

Pedofilia! lololololol

Claudia Perotti disse...

Isso não pode não ... risos
Beijinhos

A.J.Faria disse...

A isto podemos chamar um Lobo Mau?Lolol
Um abraço,

João Mãos de Tesoura disse...

cerejinha: talvez uma cerejinha! lol
Beijos

thiago: tens toda a razão... o lobo só tem 8 anos! :D

claudia perotti: pode, ai pode, pode! Vai dizer isso à Capuchinho... lol!
Beijinhos

a.j.faria: lobo mau era o da história original, este é o ingénuo... lol
Abraço