terça-feira, junho 21, 2005

Arrastão

Tal como a Gotinha, também eu tive o privilégio de ter sido "arrastado" noutro blogue. Não foi a primeira vez, mas nunca tinha sido assim. Vitupérios, associação a comentadores fictícios, tudo! O cenário até era verosímil não fosse a autora uma Copywriter. Como não alimento polémicas nem audiências não vou divulgar o blogue, fica o registo para quem lá passa e aqui vem. Contudo, não resisto a sublinhar que colocaram um email supostamente meu que me fez recordar a história das notas falsas com a assinatura errada; não é que o endereço de email tinha 2 letras trocadas! Os pequenos detalhes fazem toda a diferença...


Destroc’me ó fax favôri?

Quer o troco em moedas?


Nota: é impressão minha ou isto está a tornar-se moda?

7 comentários:

João Mãos de Tesoura disse...

A dita bloguista veio aqui comentar com um nome falso! Só por isso apaguei o comentário. A explicação que deu é que no meu perfil o meu email estava trocado. Acredito que vamos ter mais posts sobre o assunto. Há gente que não aprende mas, afinal, gosta de me ler, reler e comentar.

Cerejinha disse...

Tá b'nit' ist'!Ai tá, tá!
;-)

João Mãos de Tesoura disse...

Hoje estou assim, ou tem blogue ou não comenta! :D

Tão só, um pai disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Tão só, um pai disse...

Esta guerra de blogs é muito fraticida.

Eu também faria o mesmo que tu. Ou seja, estás á vontade para apagar o que e como quiseres. E acho que o deves fazer, em relação a nicks sem blog. Se a "outra parte" já tivesse feito o mesmo, muito provavelmente esta batalha não teria começado.

Talvez um dia venha a perceber o que despoletou isto tudo.

Seja como for, é a primeira vez que aqui comento. No entanto, venho-te ler muitas vezes. Como também o faço na "outra parte". E lamento o que esteja a suceder.

João Mãos de Tesoura disse...

A dita bloguista veio aqui comentar (identificando-se) depois de ter afirmado no seu blogue que não o faria. O desespero é uma arma perigosa. Pena que não utilize a sua inteligência e imaginação para feitos mais saudáveis.
Pretendia ela que se ajuizasse no seu blogue da sua razão. Já afirmei que não alimento polémicas nem audiências! Só por isso eliminei o comentário. Eu comprometi-me a não regressar e vou cumprir; há gente que não sabe o que é um compromisso... quanto mais honra!

A bem da sagacidade, os comentários ficam por enquanto a descansar!

MJM disse...

por acaso, até me dava mais jeito o troco em notas...
francamente