terça-feira, novembro 04, 2008

Piadinha

As listas de espera nos hospitais do Reino Unido são bem piores do que as portuguesas. Sugiro como campanha:

"No more waiting lists, be patient!" (1)



"Be patient! ... ok, ok, you already are!"


PATIENT
noun
1. a person who is under medical care or treatment.
2. a person or thing that undergoes some action.
3. Archaic. a sufferer or victim.
adjective
4. bearing provocation, annoyance, misfortune, delay, hardship, pain, etc., with fortitude and calm and without complaint, anger, or the like.
5. characterized by or expressing such a quality: a patient smile.
6. quietly and steadily persevering or diligent, esp. in detail or exactness: a patient worker.
7. undergoing the action of another (opposed to agent).


(1) Porque não sei se todos apanharam o trocadilho entre "paciência" e "doente", deixo uma leitura possível: "Fim às listas de espera, continue doente!"

3 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Mas pelo menos eles lá não pagam nada de saúde!

mfc disse...

Estamos a falar de realidades diferentes.
Aquilo lá funciona.
Sei-o através de familiares.

João Mãos de Tesoura disse...

andreia: quem te disse isso? Vou todos os meses a Inglaterra, praticamente, e estou agora na área da saúde. Podes crer que pagam e de que maneira. O NHS está falido; têm 1 médico para cada 600 habitantes, nós temos 1 para cada 300. Os hospitais deles são uma verdadeira merda, com o problema do MRSA, uma bactéria multiresistente aos antibióticos. Enfim, basta dizer que eles estão no 18º (por enquanto) da lista da Organizãção Mundial de Saúde (organismo que pertence à ONU).
Deixa-me dar-te dois exemplos caricatos:
1. No Reino Unido, pessoas com mais de 65 anos não têm diálise gratuita. Assim, o casal vem para o Algarve, compram uma casita, ganham patrmónio e gastam... menos!
2. A saúde oral é compartecipada em clínicas privadas que vêm em média 28 doentes dia... cá um recém-licenciado vê 8, um tipo com tarimba vê 15 a 20. Consegues calcular o resultado final para o doente... só para teres uma ideia, no NHS (o nosso SNS) só têm um compósito para fazer o branco. Assim, todos saem com o mesmo sorriso... brancos, pretos, amarelos, etc.

mfc: say it again? A saúde deles ao pé da nossa é uma desgraça. Claro que têm centros de excelência, mas basta perguntar aos nossos emigrantes (mais de 400 mil) o que se passa para ter uma boa ideia do problema. É por isso que empresas como a www.fly2doc.pt (ou www.fly2doc.com) têm sucesso lá fora. :)