quarta-feira, julho 05, 2006

Em Cabidela

Cantámos de galo...

... e o árbito tirou-nos o pio! O apito dele piou mais alto!

4 comentários:

João Mãos de Tesoura disse...

Ninguém comenta? Deixem aqui a vossa raiva, desilusão, o que quiserem! Mas que Portugal foi grande, foi!!!
VIVA PORTUGAL!

Eva disse...

Olha tiras-te a cabeça ao galo!!! Grande galo, mesmo.... não vi o jogo! Já estava a adivinhar que vinha chumbo!!!
Mas ao menos o nosso pequeno grande Portugalito vai ficar entre os quatro primeiros!!!!!!

Portugal... Portugal!!!!!

Thiago Forrest Gump disse...

Sim!

Portugal foi valente, foi honrado, teve raça e ânimo.

Bem ao estilo Felipão, deu um show de bola e quase venceu o jogo, não fosse aquele pênalti não dado ao Ronaldo!

Mostraram como se joga com gana e vontade, coisa que uma certa seleção não fez!

* certa não no sentido literal!

João Mãos de Tesoura disse...

eva: é verdade! Fomos roubados mas somos os maiores! Até no saber perder!
VIVA PORTUGAL!

thiago: o futebol ainda tem destas coisas. E não foi só com Portugal. A Argentina bem se pode queixar! Os árbitos são o que são, e enquanto não houver validação das faltas por TV o jogo continuará a ser subjectivo. Acho, embora esta ideia seja revolucionária, que se um jogador pode ser expulso, também um árbito poderia ser substituído a meio do jogo. Bastava para isso que recebesse dois amarelos de um júri de árbitos. Há muita coisa em jogo e não pode haver dúvidas no juízo do jogo. A França está a ser levada ao colo, espero que os italianos, que também têm sido muito ajudados (basta relembrar a vergonha do jogo contra os americanos), ganhem aos franceses. Por um lado tenha pena pelo Zidane pois todos nós gostamos de heróis, mas detesto a arrogância francesa, em particular a do seu treinador. Que morram gordos no 2º lugar!
VIVA PORTUGAL