terça-feira, julho 11, 2006

Conduta

É expectável que cada um de nós se comporte em função das responsabilidades assumidas. A isto chamo atitude. Há quem a tenha, são poucos, mas há! Os outros não estão à altura e, só por isso, vão ficando à margem dos justos. Haverá grupo mais elitista do que este?




Acompanhar a imagem com esta estória:
Ela: bom dia, escritório da Drª Segura!
Telefone: bzbzb bzbz bz
Ela: só um momento por favor.
- escreve freneticamente no chat -
Telefone: bzbz bbb zzz
Ela: mandou-me um email?
Telefone: bz bbbzzz bzz
Ela: estou a ver... já vi... ups... este não... hihihi... eu não sabia que os cães faziam isto... como?
- escreve novamente no chat entusiasmada com o email -
Telefone: prrrzzzz przz ZZZ!
Ela: ah... desculpe... troquei o email... hihihi...
Telefone: rtzzzz bzzz prrzzz
Ela: pois, tem razão, só um momento, tenho uma chamada em linha...
Telefone 2: lili li lilili
Ela: olá doçura, tudo bem? Hoje está um dia de loucos...

9 comentários:

Eva disse...

Atitude todos nós a temos, quer seja do mais pobre ao mais rico, se nos comportamos de acordo com as responsabilidades assumidadas, claro... para quem o faz... como tu próprio dizes são poucos! Mas também é certo que hoje em dia podemos ligar a todas essas coisinhas de atitude, etiqueta.... tudo isso mas aquilo que realmente as pessoas esquecem é que um dia isso tudo acaba, quem não morre de novo de velho não escapa. Por vezes farto-me desde mundo, às vezes penso para quê desperdiçar a vida??? Se de um momento para o outro tudo desaparece......

P.S a história para ser sincera fiquei de boca aberta, só tenho uma coisa a acrescentar no fim podias colocar mais uma frase :
Ele: Porquê?
Ela: Porque enganei-me e abri um dos teus emails enquanto falava com um cliente.... hihihi

João Mãos de Tesoura disse...

eva: ena, temos discurso! :) É disto que eu gosto, que comentem com vontade!
Quanto ao post... eu não falei de etiqueta, falei sim de atitude. A etiqueta tem a ver com convenções, a atitude tem a ver com valores. O que pretendi dizer, talvez sem sucesso, é que é muito difícil manter uma conduta correcta. E falo de atitude no trabalho, com os amigos, com os desconhecidos... é tudo uma questão de valores, não de etiqueta!
Os justos, aqueles que não sofrem da coluna, são cada vez menos, pois é mais fácil ceder do que viver em função dos outros. E não, isto não tem a ver com esperança de vida, mas antes com vida com esperança!
A resposta foi proporcional! :D
Beijos e desabafa sempre


P.S. Ando muito filósofo, acho que vou postar uma foto de uma gaja boa!

Squeezy disse...

Essa só pode trabalhar nalguma Camara Municipal

João Mãos de Tesoura disse...

squezzy: se ela não trabalhar, ela arranja alguém que lhe meta uma cunha! :D

Cerejinha disse...

Pois!Há quem tenha empregos e há quem tenha trabalhos...ou se meta neles!
LOL

João Mãos de Tesoura disse...

cerejinha: antes um mau negócio do que um bom emprego! :D

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Entao a menina nunca podera sofrer de excesso de zelo se esta mais interessada na tela do que no cliente e se se cansa assim tao rapidamente... eca! beijokas a ti!

Sylvester disse...

Poizé... está tudo muito bem...

Mas confessem lá... quantos de nós não fazem o mesmo de vez em quando... hmmmm? Muito messenger, pouco trabalho... e é um dia dos diabos!!!!!

Vá láááááá... confessem!!!!

Eu confesso! :$

João Mãos de Tesoura disse...

elite: hahaha! excesso de zelo, nunca!
beijokas

sylvester: quem nunca pecou que ligue o messenger! :D