quinta-feira, março 09, 2006

Singelo

Uma das razões que me motiva a viajar é conhecer hábitos e costumes de outras gentes. Os Açores, local que visitei e pelo qual me apaixonei, tem a simplicidade dos pequenos gestos. Numa paisagem estonteante as pessoas têm uma humildade surpreendente. As portas estão geralmente abertas, se se perder algo é quase certo reavê-lo, muitas propriedades estão separadas por sebes de flores, os animais andam em liberdade absoluta, não se regateia um sorriso ou a ajuda quando pedida.
Em S. Miguel deparei-me com o improvável. Uma carrinha seguia à minha frente num passo lento. A porta traseira estava aberta onde se podia ver parte do espólio pendurado em mostruário. Toda aquela roupa balançava numa promoção pensada. A música que a carrinha difundia alertava os interessados para a loja ambulante. Não deixei de sorrir, há coisas simples que não se podem perder!



Espontâneo tirado ao volante... sem multa!

7 comentários:

Marina disse...

Fabuloso, tenho umas calças que comprei numa carrinha parecida, não vão lá ver .....

Vera Cymbron disse...

Nos Açores é assim mesmo...acontecem e vêem-se coisas surpreendentes.

João Mãos de Tesoura disse...

marina: lol Nas feiras de Cascais e de Carcavelos há muitas carinhas destas! Montam bancadas cobertas por toldos feitos de panos de todo o tipo e regateiam à boa moda cigana. Pode-se encontrar de tudo, desde calças a azulejos. É ver as tias a comprarem... LOL

vera: e sentem-se! Que o digam os sismólogos! lol

carla disse...

Espateculo...é muito raro mas de vez em quano em terras esquecidas pelo continente também se encontram coisas assim...acho lindo!
A fotografia ta um "must"
bjokas

João Mãos de Tesoura disse...

carla: repara bem nos artigos pendurados... de facto, um must!

Thiago Forrest Gump disse...

Com o mundo globalizado em que vivemos, lugares assim são cada vez mais desejados para um bom descanso. :)



Abraço

João Mãos de Tesoura disse...

thiago: podes crer! Abraço