terça-feira, agosto 07, 2007

Secret

O Segredo, livro de auto-ajuda, pertence a um género que detesto, pois acredito que a maioria dos autores deste tipo de literatura explora a desgraça alheia da pior forma, vendendo o milagre fácil, o sucesso e a felicidade em fórmulas tão simples que só alguém isolado da realidade pela depressão ou desespero as poderia comprar.

Em resumo, o livro anuncia: deseje, pense, tenha! Como se tudo na vida fosse possível, como se tudo estivesse ao nosso alcance. Contudo, acredito que nada se obtém sem se tentar e o que vale a pena obriga a luta. Assim, reformulo o enunciado para algo mais tangível, embora menos apelativo: deseje, pense, tente!

Contudo, não vale a pena estar sempre a tentar se não houver resultados. Um dos segredos da vida é desistir, sobretudo desistir de quem de nós desiste. Essa é uma lição da vida, de todos, sem excepção, mas que em alguns casos é esquecida pela repetição.

É caso para se dizer: alguém tem uma parede para se bater com a cabeça? Ok, ok, a solução pode não ser expedita, mas substitui a dor de cabeça, ou não?


Descubra o erro na foto!

Solução: quando quiseres bater com a cabeça na parede, não uses a tua!

5 comentários:

Cerejinha disse...

Eh eh eh
Pareceque estou a ler o meu post de há uns dias atrás.
:-)

Cakau disse...

Eu cá para mim, acho que ele está a empurrar a parede e não a bater com a cabeça ;p

nikonman disse...

Já li parte do livro e confirmei:
temos sempre solução para os problemas dos outros, mas raramente encontramos solução para os nossos. É mais um livro desnecessário.

Dudu disse...

Gostei da solução, por isso que faço vale tudo!

Belo blog

Abraço

Anónimo disse...

O meu "Secret" está como novo. Li o prefácio. Vendo barato só para nivelar mesas.